sábado , agosto 23 2014
Últimas Notícias

Crítica – Universidade Monstros

mureview-poster

A Pixar arrebentou com a obra-prima Toy Story 3 em 2010, nos entregou um cinema mediano com Carros 2 em 2011, voltou aos poucos ao bom cinema em 2012 com o bonito Valente, e agora em 2013, eles voltaram com força total com Universidade Monstros.

mureview-pic03

Com 12 anos de diferença do primeiro longa, o agora clássico Monstros S.A. (2001), este prelúdio sempre foi visto como um sonho para os grandes fãs de Mike (dublado por Billy Crystal) e Sulley (dublado por John Goodman) que sempre quiseram uma continuação direta do primeiro longa. Sim, se levarmos em consideração, Universidade Monstros pode ser visto como uma “continuação” do primeiro longa, apesar de conter uma história de introdução destes personagens em seu tempo de colégio (em uma pequena cena) e depois nos tempos de universidade, que como o título informa, toma maior parte do filme. É o que nós chamamos de prequência ou prequel aqui no Brasil, que significa que você está contando uma história que aconteceu muitos anos antes do ocorrido no longa original, e sim, quando se tem um bom roteiro e bom diretor, essa ideia sai nada menos do que fantástica. Tendo o árduo trabalho de conduzir um longa-metragem com personagens já estabelecidos no manto da Disney/Pixar, o diretor de primeira viagem Dan Scanlon (antes só havia dirigido o curta Mate e a Luz Fantasma), que roteiriza o longa ao lado de Dan Gerson (O Galinho Chicken Little, George: O Curioso) e Robert L. Baird (Monstros S.A., Carros), faz um excelente trabalho em sua forma de executar uma história, diferenciando um pouco do estilo visto naquele primeiro longa, sem perder o charme do clássico.

mureview-pic02

Como muitos de vocês já sabem, Mike e Sulley nunca  foram amigos de verdade antes de se tornarem parceiros e confidentes em Monstros S.A., a mais pura verdade é que os dois eram rivais na universidade. Primeiro, porque Mike era um sonhador nato, que queria ser um assustador para trabalhar na empresa de sustos conhecida como Monstros S.A (óóóó ¬¬), e para isso teria que entrar na melhor universidade neste quesito, a Universidade Monstros do título. Claro que como todo CDF, Mike entra na tão bem falada universidade, só que o problema é que ele terá que trabalhar muito na arte de assustar, e como todo mundo já sabe ele é pequeno e aparentemente inofensivo. Segundo, porque temos aqui a chegada do já assustador Sulley com seu enorme tamanho e vozeirão capaz de assustar qualquer pessoa, até mesmo os monstros mais assustadores de Monstrópolis. Só que Sulley tem outro problema grandioso, apesar de o mesmo ser filho de um grande assustador que já estudou por lá, Sulley odeia estudar e sua arrogância será seu maior defeito para crescer como pessoa (ou seria monstro?). Resultado, os dois rivais acabam entrando em uma encrenca com a maléfica diretora Hardscrabble (dublada por Helen Mirren) e para resolver a situação decidem formar uma fraternidade com os renegados da Oosma Kappa (OK) para entrar no Jogo de Sustos, e saírem vitoriosos de lá.

MONSTERS UNIVERSITY

Está na cara que Universidade Monstros não cai no lugar comum e se mostra como uma bela comédia com referências extensivas de filmes como O Clube dos Cafajestes (1978), Porky’s (1982-1985), American Pie (1999-2012), Dias Incríveis (2003) e tantos outros do estilo “filme de fraternidade/universidade”, tirando toda a parte sexual destes filmes citados, e criando uma estética um tanto diferente de outros filmes da Pixar, em que o diretor soube muito bem integrar o estilo tosco e paspalhão visto nesse tipo de comédia e ainda assim balancear todo o exagero com cenas emocionantes de se ficar com uma lágrima nos olhos, como todo ótimo filme da Pixar (não os medianos) consegue fazer com os espectadores. Definitivamente um dos grandes filmes desse ano de 2013, que com certeza o fará lembrar de Monstros S.A. e toda sua mágica, principalmente nos créditos finais, e que tem uma mensagem digna a todos que o estão assistindo, a mensagem do valor da amizade verdadeira e de todos os baques que você pode ou não tomar com ela. Um grande filme.

Nota: 9,5

Trailer Final:

Trailer Dublado:

Sobre Gilberto Bruno

Cinéfilo, amante da 7ª Arte, crítico de cinema, e diretor e produtor de alguns curtas-metragens! XD!
Scroll To Top